Contos sobre rodas

Em destaque

«Contos sobre rodas» é um projecto de divulgação do «kamishibai», uma técnica japonesa de contar histórias.  Consiste num espectáculo de narração de contos, com cerca de uma hora de duração. O reportório é variável, adequado às crianças do pré-escolar e do 1º CEB, e inclui contos originais do contador / autor Carlos Alberto Silva e de outros escritores. Tal como era uso no Japão, há cerca de um século, o contador utiliza um «butai» (espécie de palco de madeira onde o narrador faz deslizar imagens ilustrando as histórias que conta), montado numa caixa, sobre uma bicicleta. A estrutura está ainda adaptada para a apresentação de algumas histórias em teatro de papel, a técnica ocidental «gémea» do kamishibai, em que os personagens são representados por marionetas de vareta. No final das sessões, o autor disponibiliza-se para autografar os livros adquiridos pelos espectadores. Continuar a ler
Anúncios

Um urso rabugento no Arrimal

Os pais e mães dos alunos da EB1 e JI do Arrimal apresentaram, na festa de final do ano lectivo que se realizou no dia 23 de Junho de 2018 junto à Lagoa Grande, a peça de teatro «O urso que perdera o coração», de Carlos Alberto Silva. Palmas para a equipa de actores, que tão bem desempenhou os seus papéis.

Novo livro alerta para a poluição marinha

Com texto de Carlos Alberto Silva e ilustrações de Leonor Lourenço, o livro «Marina e os mares de plástico alerta para um dos grandes problemas ambientais da actualidade, a poluição marinha por resíduos de plástico.
A personagem principal, Marina, é uma menina que gosta do mar, de conchas e de búzios. Um dia, encontra um rapaz misterioso que lhe fala das maravilhas do mundo marinho, mas também da terrível catástrofe que o está a atingir: a poluição humana.
Continuar a ler

Marina e os mares de plástico

Título: Marina e os mares de plástico Autores: Carlos Alberto Silva (texto) e Leonor Lourenço (ilustrações) Editora: Edição do autor Data: 2018 Género: Infanto-juvenil ISBN: 978-989-98960—- N.º de páginas: 24

Sinopse: Marina é uma menina que gosta do mar, de conchas e de búzios. Um dia, encontrou um rapaz misterioso que lhe falou das maravilhas do mundo marinho, mas também da terrível catástrofe que o está a atingir: a poluição humana. Para além de outros tipos de detritos, os resíduos de plástico são de longe o principal elemento poluidor encontrado no ambiente marinho, tendo entrado já na cadeia alimentar. É tal a quantidade de plástico acumulado nos oceanos, que forma verdadeiras ilhas flutuantes, com milhares de quilómetros quadrados e muitos metros de profundidade. Depois de saber disto, Marina tomou a decisão de lutar contra tal problema. E esse desafio é lançado também, no final da história, a todos os leitores deste livro. Porque, como disse o rapaz misterioso, «se muitos fizerem o pouco que podem, o pouco será muito».

Novo livro sobre as fúrias infantis

Acaba de sair da tipografia o novo livro para crianças de Carlos Alberto Silva, com ilustrações de Patrícia Penedo. Intitulado «A nuvenzinha que gostava de trovoada», este conto aborda metaforicamente a questão do controle das emoções, em particular a raiva.

Na página do autor, foi disponibilizado um guia de exploração pedagógica, propondo algumas medidas práticas para as crianças aprenderem a controlar as suas fúrias.

Continuar a ler

A nuvenzinha que gostava de trovoada

Título: A nuvenzinha que gostava de trovoada
Autores: Carlos Alberto Silva (texto) e Patrícia Penedo (ilustrações)
Editora: Edição do autor
Data: 2017
Género: Infanto-juvenil
ISBN: 978-989-98960-5-5
N.º de páginas: 24

Sinopse:
Era uma pequena nuvem branquinha que estava sempre a viajar com a sua família. No entanto, gostava de trovoada e quando acordava rabugenta, dava encontrões às suas irmãs. Só que, um dia, as coisas correram mal…
Uma maneira divertida de abordar o tema da raiva e da necessidade de aprendermos a controlá-la.

Guia de exploração pedagógica
Clicar AQUI para descarregar.